Amor e Sexo



Anônimo asked:

Me diz algumas dicas aí para melhorar o relacionamento. Não que o meu esteja ruim, pelo contrário. Estamos a 2 anos e 4 meses, e somos noivos. Só queria saber alguma dica de sexo que dê ainda mais prazer para ambos. Obrigado !

Dicas, olha… para quem já tem intimidade e quer mais, o que posso te sugerir talvez seja chover no molhado. Mas lá vai… Ir a motéis diferentes, com hidro, pole dançe; usar roupas sensuais para o momento; adquirir alguns “brinquedinhos” em lojas de sex shop para diferenciar a relação, procure conhecer novas posições e aprimorar o ritmo entre vocês, sejam livres e sem preconceito, mas respeitando a individualidade de cada um. Haverá coisas que tu gostarias de fazer mas que teu parceiro(a) ainda não se sente a vontade. Converse bastante e pessoalmente entendo que caso não seja nada violento e que não agrida a outra pessoa, o que vocês imaginarem, ponham em prática. Abraços.


Anônimo asked:

minha namorada não sente mais vontade de fazer sexo comigo, quando ela faz sinto que é só por fazer. Antigamente faziamos sexo todo dia, agora ela me evita e quando acontece é uma vez por semana. Ate uma vez disse que eu precisava de uma boneca de plastico. ja conversamos sobre isso, mas nada mudou

Meu rapaz, se ela perdeu a libido, o desejo, o tesão por ti, talvez seja por causa de alguns fatores, dentre eles você já deve até ter suposições a respeito. Assim, mesmo de longe, tão longe (será que estamos perto?) e com apenas essas informações que recebi de você, tentarei te ajudar, quem sabe, pelo menos identificar as causas desse infortúnio em sua vida. Vamos lá…
Fatores que podem levar a mulher a ter seu desejo sexual diminuído:
Desequilíbrio hormonal, que pode ser provocado por alguma disfunção das glândulas que produzem a progesterona e o estrogênio ou outro hormônio que acaba interferindo no desejo;
Desequilíbrio emocional, isto é, algum problema pessoal ou sentimental, ou anisedade em relação a algum assunto e que não foi resolvido ou que a está incomodando e isso faz com que seu corpo sofra influência de sua psiquê, desta falta de harmonia consigo mesma;
Preocupações com família, emprego, estudos ou outras situações correlatas que podem provocar o estresse e consequentemente diminuem a libido;
Problemas em relação a si mesma, em aceitar-se como é. As vezes a baixa auto estima pode provocar essa apatia para a própria sexualidade; e por fim… duro é dizer, mas preciso fazê-lo;
Talvez ela esteja tendo relações sexuais com outra pessoa, que não você. Pode ser um homem, quem sabe outra mulher, pois se a tua namorada não o procura mais dado a intensidade que sempre praticavam sexo, e se as causas que eu lhe disse acima, nenhuma delas se encaixa, então é bem provável que ela esteja satisfazendo-se sexualmente com outro. 
Tem ainda um simples fator… talvez ela não está mais apaixonada por ti e por isso não sente mais vontade de transar com você, embora não tenha coragem de te dizer que não o ama mais. 
Como viste, tentei mostrar para você uma série de eventos que talvez esteja contribuindo para essa situação. Bem provável que teriam outros, mas no momento foi o que eu lembrei de colocar. Entendo que você está agindo de maneira correta ao falar com ela. Se tiver certeza que não há uma terceira pessoa envolvida nessa situação eu sugiro então que se procure um médico, que poderá orientar melhor se for o caso de problemas hormonais e ou emocionais. Espero tê-lo ajudado a pensar com mais clareza sobre o assunto e a perceber que a realidade, as vezes, tem respostas que nem sempre gostaríamos de obter, mas que são necessárias para nós continuarmos a viver. Abraços!

via: ask.fm


Anônimo asked:

OI tenho 16 anos de idade meu namorado tem 24, já passamos vários finais de semanas juntos, já tivemos relações sexuais, o problema que mais me incomoda não é a idade, é pelo fato de que ele seja meu professor, você acha que isso possa afetar nossa entre aluna e pro. e até mesmo em relações sexuais?

Direto ao ponto. Antes do moço ser professor e você ser aluna, ambos são homem e mulher respectivamente e ambos tem desejos, carências, sentimentos. Se por conta disso a relação professor x aluno sofrerá alguma interferência, acredito que sim, pois dificilmente ele ira agir imparcialmente contigo, mesmo que diga o contrário. Como dizem, isso é uma questão ética, mas que na prática é difícil de conciliar. Ninguém pode impedir que um professor se apaixone pela aluna e haja reciprocidade de sentimentos, mas o que isso pode resultar, caso seja público, vai ao encontro do código de ética da profissão, caso haja um, ou da instituição de ensino. Geralmente opta-se por transferir o professor para outra turma, ou disciplina, mas como disse anteriormente, as vezes é inviável e a escola acaba fechando os olhos para essa situação.
Agora se isso vai afetar teu relacionamento, inclusive o sexual eu já não sei. Vai da cabeça de ambos. Mas fica o alerta… se esse relacionamento não der certo por algum motivo é bom lembrar a você que tu sempre o verás na sala de aula. Portanto, entenda que por mais prazeroso que isso esteja sendo no momento, é preciso ter consciência que caso termine, a vida continua e seguir em frente é sempre o melhor a fazer independente do que os outros digam ou pensam. 
Uma última situação que muitos esquecem, vale lembrar que para a legislação brasileira tu ainda é de menor, e o sujeito, no caso teu professor, é de maior idade. Não sei se tua família sabe desse relacionamento, mas seria bom que soubesse. Falo isso para que evites problemas no futuro. No mais era isto, abraços e se cuide.

Via: ask.fm


Anônimo asked:

A conversa nao funcionou bem...ela nao gostou e andamos brigando muito. Tenho medo que ela termine comigo, mas nao quero que ela saiba disso. Sinto que eu ando me importando mais em relação à nos dois do que ela

O contexto do recado é referente a este post: clica aqui

Eu entendo de outro modo meu jovem. A conversa te proporcionou tanto a você como a ela expor o ponto de vista e procurar ajustar os ponteiros. Não é pelo fato de ela não ter gostado que a conversa foi um fracasso ou uma tragédia, mas sim te deu sinais de como ela pensa e que doutra forma não saberias. Você já havia dito antes que nessa história toda, tu estais mais preocupado com a relação do que ela e sinceramente, não precise ter medo de que não dê certo com ela. Será que não há outras meninas que tu possa conhecer e que venham a querer algo sério contigo, sem que tenhas que ficar na dúvida ou na insegurança com quem ela está quando não está com você? Agora mesmo li um recado que uma moça me mandou dizendo que é difícil encontrar rapazes que queiram algo mais do que apenas “ficar”. Então, existem gurias que desejam compromisso de namoro e que valem a pena conhecer. Ainda digo que fizeste certo em contar para ela de tuas preocupações pois caso não o fizesse e ela viesse a sair com alguém e tu ficasse sabendo por outros seria pior. Pelo jeito, se queres continuar com ela, vais ter que se acostumar com a situação ou quem sabe, é o que desejo, vocês possam se entender melhor. Abraços.

Via: Ask.fm


Anônimo asked:

Você acha que dá certo numa relação ambos trabalharem na mesma profissão?

Veja, para uma relação dar certo, tem vários fatores significativos, mas o fato de ambos terem a mesma profissão a princípio não é problema algum. Na verdade depende de como as pessoas envolvidas encaram isso. Se para elas é algo normal e que conseguem lidar com isso numa boa, então tudo bem. Agora se tu queres dizer como mesma profissão o fato de ambos trabalharem juntos no mesmo ambiente de trabalho, daí requer muito jogo de cintura para que a relação não se desgaste. Tem casais que possuem negócio próprio, familiar e que conseguem conciliar bem a vida profissional com a pessoal, ou até mesmo separar essas de forma clara essas duas situações. Entretanto tem aqueles que passaram por essa experiência, mas que não conseguiram conciliar a mesma profissão, seja pelo temperamento, por ciúmes e até mesmo inveja do outro. Então, cada caso é um caso como dizem e vai de cada um saber se isso interfere positivamente ou negativamente na relação.

Via: ask.fm


Anônimo asked:

Sim. terminamos e ponto, não vou atrás dele nem nada. Mas ta sendo difícil seguir em frente, ja tentei outros cara, mas não conheci nenhum que se interessasse de verdade por mim, os caras de hoje em dia são tudo esnobes (maioria) e as meninas são todas dadas, acho que tá invertido o papel. eu procuro sair, mas não tenho muitas amigas e as poucas que tenho, não podem ou não querem, entao fico em casa depre as vezes, enquanto ele ta por ai curtindo a vida :/

Disseste tudo, hoje em dia é difícil encontrar alguém que realmente queira ter um relacionamento sério, que seja Homem o bastante para assumir um compromisso de começar uma caminhada ao lado de outra pessoa pelo simples fato de amá-la. Enfim, não quero ser repetitivo, e por mais simples que possam ter sido minhas palavras na resposta que te dei anteriormente, não sou néscio a ponto de achar que as coisas mudam com um passe de mágica mesmo. Pois certamente há sentimentos envolvidos e essas coisas não somem da nossa mente, do nosso coração. Antes pudéssemos fazer isso, mas acredito que se vivemos determinada situação, por mais desagradável que tenha sido, ela deve servir para aprendermos, amadurecermos e dessa forma conseguirmos agir de maneira diferente quando ela se repetir. Compreendo que realmente não é fácil para você isso, mas continuo afirmando que tu és a única pessoa responsável pela tua história e a tua felicidade depende somente de ti, pois a partir do momento que depositamos nossas esperanças, nossas expectativas no outro, ficamos então reféns da vontade alheia e tolhemos assim nossa liberdade, nossa individualidade e deixamos que outra pessoa tome as rédeas de nossa vida. Não precisa ser assim, pode ser diferente. Persevere, faça coisas novas, sejas feliz. Abraços e obrigado pela oportunidade de poder conversar um pouco sobre esses assuntos contigo.

Via: ask.fm


Anônimo asked:

Namorei por um ano e quando nos terminamos ele não se importou e sempre dizia que me amava, falava coisas lindas mesmo, mas agora ele sai, fica junto de outras talvez até faça sexo e eu tô sofrendo pela indiferença dele, ele adicionou uma menina que foi o motivo do fim do nosso namoro, ele quase me traiu

Bom.. não sei se me escreveu mais coisas, ou se ia me escrever, mas vou ser breve. Duas coisas; vocês terminaram (ponto). Segue a tua vida (ponto final).
Por mais forte que fora teu relacionamento com ele, sinceramente não adianta ficar sofrendo por algo que já terminou. Se ele está indiferente a você, porque mereceria tua consideração e teu amor? Não seja trouxa, paixão cega, e se o outro lado não demonstra nenhum tipo de arrependimento e não está nem aí para ti, então é melhor partir para outra, cuidar da tua vida e ser feliz, porque isso, ninguém fará por você. Abraços e qualquer coisa estamos aí.


Anônimo asked:

To cansado da minha namorado sempre dizendo que vai sair junto as amigas, todos os caras dando encima dela. Parece que ela nem se importa. Nós namoramos a disntancia. Não sei como falar isso pra ela, porque não impedir que ela tenha a diversão dela, mas isso me incomoda, o que eu faço?

Moço, quando vocês decidiram que iriam ter um relacionamento ou melhor dizendo, um namoro a distância, talvez não imaginariam as consequências que isso pode resultar. Uma delas é mesmo esse desprendimento, essa suposta liberdade que ambos desfrutam. Ela pode ser boa, desde que tenham maturidade e confiança um no outro, como pode ser ruim, no sentido de que na verdade nenhum dos dois sabe realmente o que o outro estará fazendo, a não ser confiar naquilo que a pessoa diz. 
Essa é uma das dificuldades de um namoro a distância, isto é, a própria distância. Por mais romantizado que seja a experiência nas redes sociais, nem sempre esse mundo é um mar de rosas. Você mesmo está experimentando isso. Ela ao que parece ela é mais despojada, livre por assim dizer do que você e isso o incomoda, pois dá a entender que embora tu esteja levando esse relacionamento a sério, não tens dela a mesma contrapartida. 
De fato para que tu fiques bem, é importante que ela saiba de teus sentimentos, teus medos e teus ciúmes por ela. Natural que seja assim. Se com isso o namoro irá terminar ou tomar um rumo favorável a ambos eu não sei. Mas posso te dizer que se tu ficar na quietude e não dizer nada, para a moça está tudo bem assim, posto que ela ache que você não se importa com as saídas dela. Por isso é importante conversar mesmo e desejo que essa conversa seja o mais breve possível, sem medo ou receio dela acontecer, pois na vida, principalmente na vida-a-dois, a gente mantem o relacionamento com muito diálogo mesmo, pois o outro nem sempre sabe o que pensamos, caso não comuniquemos corretamente nossos sentimentos. Enfim, como não são duas pessoas estranhas, mas dois namorados, entendo que esse no momento é o melhor caminho a fazer. E assim, com certeza tu terás tirado um peso de tua consciência e também ficará mais fácil tomar qualquer decisão que seja. Espero tê-lo ajudado, abraços e fiques bem.

via: ask.fm


Anônimo asked:

tenho um penis de 13,5 cm,acha pequeno demais? posso satisfazer uma mulher sem problemas?

O mito do “falo” e a satisfação feminina. Tem pesquisas que afirmam que tamanho não é documento, enquanto outras afirmam que sim, mulheres preferem pênis maiores, em média os de 20 cm. Isso depende dos interesses de quem manda publicar tais pesquisas. A satisfação feminina vai além do tamanho peniano por assim dizer. Tem o emocional, o afetivo, além das preliminares e até onde sabemos não é tanto o tamanho em si, mas o diâmetro do mesmo é que proporciona maior prazer na penetração. Enfim, tu só vais saber quando tiveres feito e conversares com tua parceira a respeito do assunto. Com certeza haverá posição nas quais um pênis mediano será mais satisfatório para a mulher do que um de proporções avantajada, mas muito vai da maturidade e da intimidade de cada casal.

via: ask.fm


Muito obrigada pelo conselho e pela paciência, me emocionou bastante. Eu vou seguir esse seu conselho, vou seguir em frente e vou ver no que vai dar. Mais tá tão difícil esquece-ló, todo dia ele tenta falar comigo e dói muito ignora-ló. Mais ainda não estou pronta pra ficar cara a cara com ele.

Fico feliz por você. Me transmitiu uma sensação de maturidade e serenidade. Ninguém gosta de passar pela dor, afinal nossa sociedade midiática prega a constante felicidade, mas isso é uma falácia. Passamos por momentos bons tanto quanto por momentos difíceis. A diferença está em como lidamos com eles e percebo que você cresceu e está aprendendo com tudo isso que está acontecendo em tua vida. Me senti como um pai que abraça uma filha, que não a julga, mas que a compreende e procura estar do lado para dar um apoio. Gostaria se tiveres essa liberdade com a gente de te conhecer um pouco melhor. Se possível saia do anonimato, se tiver tumblr nos envie. Ficaríamos felizes em te conhecer um pouco mais. Mas se isto não for possível, tudo bem. Fica nosso carinho e abraço. Beijos.

Esse recado se refere a esta postagem.

via: ask.fm


Preciso de um conselho super complicado, eu estou chorando demais e não tenho ninguém pra conversar, espero que vocês me ajudem! Tenho 20 anos e sou apaixonada por um garoto desde quanto eu tinha 15 anos. Acabei me entregando pra ele pela primeira vez, eu senti que foi algo romântico. Foi lindo! Só que depois eu descobri que os amigos dele fizeram uma aposta, que se ele me conseguisse ele ia ganhar algo em troca. Mais agora ele tá dizendo que é apaixonado por mim, que mudou. E toda vez que eu o vejo eu choro. O que eu faço?

Você mesma disse que é complicado, e de fato não é algo simples de se resolver ou de aconselhar. Mas vamos lá… Primeiramente gostaria de te dizer que independente do que aconteceu contigo, saiba que você tem valor, você é especial e por favor, não se culpe pelo que ocorreu. Teus sentimentos em relação ao rapaz foram e ainda são os mais nobres possíveis e se entregaste a ele porque o amava e ainda o ama, embora esse amor no momento te faça sofrer. 
Assim sendo, vejo duas situações. E ela implica em como e com quem tu queres recomeçar tua vida amorosa. Se entendes que o moço te fez de objeto e que no momento não tem condições de olhar nos olhos dele e amá-lo, mesmo que o perdoe, então siga a tua vida, continues a viver e se nesse meio tempo encontrares alguém sincero que te ame de verdade, terás então uma oportunidade de recomeçar. 
Porém, se mesmo sofrendo, tu ainda o ama e não consegue viver sem ele, procure então perdoa-lo. Dê-lhe mais uma oportunidade de acertar com você, mas agora imponha limites, faça com que ele te respeite como mulher. Se de fato gostar de ti, vai te entender e te respeitar. Numa situação dessa é difícil o recomeço, pois um elo da corrente de confiança foi quebrado, mas isso pode servir para amadurecer a ambos. Todos nós erramos, e com isso não quero justificar o que ele fez a ti, mas também sei que se estamos de fato arrependidos temos a oportunidade de consertar o erro de alguma maneira. 
Como sempre digo, o que passou ficou no passado, o jeito agora é seguir em frente.
Por fim, se em teu coração houver paz para tentar voltar com esse garoto, fique livre para tanto, mas se ainda não te sentes bem com isso, melhor então é procurar esquecê-lo nesse momento e seguir adiante, pois tem coisas que só o tempo que irá dizer qual a melhor decisão que foi tomada. Mas lembre-se, não precisa ficar se culpando por nada, afinal você foi motivada pelo amor e desejo que esse mesmo amor te motive a recomeçar, sem medos, nem receios de amar novamente.

via: ask.fm

(Fonte: amoresexo)


Anônimo asked:

Olá, tenho 16 anos, e o meu namorado ultimamente tem falado em eu perder a virgindade, eu sinto-me preparada mas tenho medo e vergonha. têm dicas para mim?

Termine teus estudos, planeje teu futuro profissional e no decorrer destas etapas se porventuras te sentir pronta para fazer amor fiques livre para tanto. Se tiver medo, melhor evitar até se sentir segura, confiante e consciente daquilo que você quer para não se arrepender depois. Vergonha não precisa ter, haja visto que somos pessoas comuns, e não astros e estrelas fabricados pela mídia. Te aceites como pessoa, aprenda a gostar de ti mesma em primeiro lugar e depois pense na possibilidade de vir a ter tua primeira relação sexual. Minha esposa respondeu algo interessante neste post, http://sexo-no-sofa.tumblr.com/post/47157680449/eu-tenho-medo-de-nao-gostar-de-penetracao-sou-nova, sugiro que leia. Abraços.

via: ask.fm